Crédito para financiamento de veículos aumenta 13,5%

O crédito para financiamento de veículos cresceu 13,5% no primeiro semestre deste ano, segundo a Anef (Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras).

O saldo das carteiras para pessoa física de CDC (Crédito Direto ao Consumidor) e de leasing atingiu R$ 167,3 bilhões em junho, ante os R$ 147,4 bilhões do mesmo mês do ano passado.
 
O aumento dos financiamentos se deve ao maior poder de compra da população e à criação de empregos. "Cada vez mais cresce o número de "novos entrantes no mercado", pessoas que antes não conseguiam efetuar a compra e que agora estão habilitadas", afirma Décio Carbonari de Almeida, presidente da Anef.
 
O maior destaque foi para as operações de CDC, que cresceram 33,9% no primeiro semestre. Já a carteira de leasing teve retração de 13,1%.
 
O CDC foi a modalidade mais utilizada pelo consumidor para financiamento de veículos no primeiro semestre, com 43% de participação, seguido por leasing (13%) e consórcio (6%). Os pagamentos à vista tiveram 38% de participação. A taxa média de juros praticada pelas associadas à Anef fechou junho em 1,43% ao mês, abaixo da de junho de 2009, de 1,49%.
 
"As taxas de juros ainda não refletem o aumento da Selic. A tendência é subir, mas não deve apresentar impacto significativo nos financiamentos", diz Almeida.
A expectativa da Anef é fechar este ano com crescimento da carteira de crédito entre 10% e 15% sobre o volume do ano passado.

Veículo: Folha de S.Paulo 13/08/2010