Banco português já atua em ex-colônias na África

O Banco Espírito Santos (BES), que fechou parceria com os brasileiros Banco do Brasil e Bradesco para formar uma holding financeira para atuação no continente africano, já possui operações nas ex-colônias portuguesas de Angola e Cabo Verde e Moçambique, além de participações nos mercados da Líbia, Marrocos e Argélia.

De cara, essas participações hoje incluídas na BES Africa farão parte da nova holding em sociedade com os bancos brasileiros. A intenção das instituições é não só aumentar a participação em outros bancos na região como também criar novas operações.
 
O banco português possui 52% do BES Angola, o terceiro maior banco da ex-colônia portuguesa, com 34 agências. Tem 40% do Aman Bank, da Líbia, e 2,7% do Banco Marocaine, do Marrocos, que possui 350 agências em mais de 20 países. Em Cabo Verde, o banco tem um escritório de representação que pretende transformá-lo em banco.
 
Além disso, o BES recebeu autorização para criar uma empresa de leasing na Argélia e prepara seu desembarque na África do Sul e em Moçambique, outra ex-colônia portuguesa.

Veículo: IG Economia 09/08/2010