Lucro do BMG cai 52,57% em 2008

São Paulo, 30 de Janeiro de 2009 - O lucro líquido do Banco BMG registrou redução de 52,57% em 2008. De acordo com o balanço da instituição, divulgado ontem, o ganho no ano passado foi de R$ 240,74 milhões ante R$ 507,58 milhões em 2007. Com isso, o retorno sobre o patrimônio líquido (PL) diminuiu de 38,2% para 11,9% no período. O total do PL apresentou expansão de 51,86%, para R$ 2,017 bilhões.

 Os ativos do BMG também registraram crescimento, passando de R$ 6,597 bilhões em 2007 para R$ 7,192 bilhões em 2008, assim como os gastos com captação no mercado, de R$ 70,532 milhões para R$ 1,082 bilhão. Já o estoque de depósitos do banco despencou 44,50% no ano passado, para R$ 732,066 milhões ante R$ 1,319 bilhão em 2007.
 
As carteiras de crédito e leasing do BMG somaram R$ 14,097 bilhões no exercício de 2008, expansão de 13,1% em relação ao ano anterior. O BMG registrou R$ 10,969 bilhões em operações de crédito pessoal - crescimento de quase 10% em relação a 2007. O banco também empreendeu investidas no segmento de financiamento de automóveis, carteira que apontou avanço de cerca de 30%, saltando de R$ 1,547 bilhão para R$ 2 bilhões. Na atividade de empréstimos consignados, na qual o BMG é um dos líderes de mercado, a geração de crédito atingiu R$ 3,39 bilhões.

Veículo: Gazeta Mercantil