Padrão contábil

O jornal “Valor Econômico” informa que a fundação curadora responsável pelo padrão contábil internacional lamentou a falta de um sinal mais claro da Securities and Exchange Commission (SEC), a comissão de valores mobiliários e bolsas dos Estados Unidos, sobre a adoção do IFRS naquele país.

A nota diz ainda que, “para o benefício dos agentes de mercado tanto dos Estados Unidos como internacionais, os curadores (da Fundação IFRS) esperam que a SEC esclareça essa continuada incerteza sobre o compromisso dos EUA com um padrão global de contabilidade".

O jornal ainda destaca que, na sexta-feira, a SEC divulgou o relatório final preparado pela área técnica do órgão sobre a adoção do IFRS nos Estados Unidos. Mas a resposta tão esperada por empresas, contadores e auditores do mundo todo, que havia sido prometida para 2011, novamente não veio.

O relatório final tem 137 páginas e traça um quadro detalhado sobre os estudos realizados pela área técnica sobre o tema. A SEC avaliou questões como a abrangência de qualidade das normas do IFRS, a consistência na aplicação pelos diversos países que dizem adotar o padrão contábil, a estrutura de governança e financiamento do Iasb (que é o órgão técnico que emite as regras) e o nível de conhecimento dos investidores sobre essas práticas contábeis.

Para subsidiar a decisão que será tomada por seus diretores, a SEC pediu que os agentes interessados enviem seus comentários em relação às conclusões apresentadas no relatório da área técnica. Não existe prazo final para a decisão ser tomada.

Veículo: JORNAL VALOR ECONÔMICO