Ministro da fazenda analisa a crise europeia

O jornal “Valor Econômico”, na versão online, informa que a crise europeia deve persistir ainda pelos próximos dez anos, segundo avaliação feita nesta quinta-feira pelo ex-ministro da Fazenda e professor Antonio Delfim Netto.

Esse é o prazo para que se firme um entendimento, entre os países europeus, da necessidade de uma união política, fiscal e bancária. “O Banco Central Europeu (BCE) precisaria assumir o papel de um banco central de verdade”, afirmou durante participação no seminário “Futuro do Seguro Massificado”, realizado pelo Valor.

Crescimento do Brasil
O jornal ainda destaca que se não houver deterioração significativa do cenário externo, o crescimento do Brasil deve voltar a patamares de 4% em 2013, projeta Delfim Netto. A expansão do país neste ano já está “praticamente dada” entre cerca de 2% e 2,5%, estima ele.

Ele pondera que as inseguranças jurídicas trazidas pelo leasing (modalidade em que o banco “aluga” o bem ao cliente) e a paixão do brasileiro pelo automóvel contribuíram para esse cenário. Mas que isso não deve atuar como um elemento de contenção da demanda por crédito no país.

Veículo: JORNAL VALOR ECONÔMICO ONLINE